Post

TIPOS DE BERÇO

Existem muitos tipos de berço no mercado, para todos os gostos e bolsos. Além disso, é imprescindível saber medidas, e pesquisar a funcionalidade e segurança para comprar um berço que atenda a todas as necessidades. Portanto, antes de comprar aquele berço lindo de morrer, não deixe de ler nossa pesquisa sobre berços para ver se ele será o mais adequado para vocês.

Chegou a hora de comprar o berço do bebê, o item que mais caracteriza o quartinho dele. Seja qual for o estilo de decoração escolhido, sempre é bom lembrar que acabamentos bem feitos e itens pensados na segurança do bebê e praticidade no dia a dia são diferenciais muito importantes. Ao escolher o berço é preciso estar com as medidas do quarto em mãos e pensar quais outros itens irão compor a decoração, como cômoda, armário e poltrona. Desta forma, fica mais fácil visualizar e até fazer um projetinho do futuro quarto do bebê e escolher seus móveis sem medo de errar.

Os tipos de berço mais comuns são:

  • Berço Americano – Com medida interna padronizada de 1,30 de comprimento por 70 de largura, possuem vários estilos: moderno, retrô, provençal, colorido, etc. Podem ter tela mosqueteira e rodinhas para facilitar o deslocamento.
  • Berço Multifuncional – Com a mesma medida interna do berço americano, o diferencial deste berço é a facilidade de ter a cômoda e trocador acoplados. Ideal para espaços mais estreitos, o berço multifuncional prima pela praticidade no dia a dia.
  • Berço Multifuncional com Bi Cama – a bi cama é útil para as noites em que o bebê vai dormir acompanhado. Geralmente esses berços transformam-se em cama e cômoda apara a criança um pouco maior, e a vantagem é que a bi cama também poderá continuar sendo utilizada.
  • Mini Berço Acoplado – Este tipo de berço é utilizado nos primeiros meses de vida do bebê, quando as mamadas noturnas são frequentes. Possibilita maior contato e apego da mãe com o bebê, porém com muito mais segurança, já que impossibilita que a mãe se vire em cima do bebê acidentalmente.
  • Mini Berços – Para os pais que querem manter o bebê no mesmo quarto que eles, este berço é ideal, já que ocupa pouco espaço e alguns modelos vêm com mosquiteiro, prateleiras porta treco e viram caminha mais tarde. Para os primeiros meses, pois possuem medidas menores.
  • Berços portáteis – Eles são facilmente desmontáveis, por isso são ideias para serem levados em viagens ou mesmo para o bebê utilizar nos primeiros meses, se os pais quiserem mantê-lo no mesmo quarto. São leves, alguns modelos vêm com mobile, porta treco e mosquiteiro, e há colchonetes vendidos separadamente para aumentar o conforto do bebê, já que os colchões desses modelos costumam ser mais finos. Podem ser utilizados como “chiqueirinho” também.
  • Moisés – Podem ser de vime, metal, ou mesmo vir acoplado no carrinho. São como mini berços, geralmente utilizados nos primeiros 3 meses, para que o bebê durma no quarto dos pais ou em outros locais, já que o moisés, quando não é fixo, pode ser transportado por alças ou no próprio carrinho.
  • Berço para gêmeos: São berços americanos acoplados, formando um único berço comprido, por isso precisam de espaço. Para espaços pequenos é melhor dois berços separados ou ainda, fazer sob medida com um marceneiro.
  • Berço/caminha montessoriana: Esses berços-cama são baixinhos, para que a criança tenha autonomia de deitar-se e levantar-se quando desejar.
  • Berço Crescer – São berços arredondados de grades por toda a extensão, que tem suas partes montadas na medida em que o bebê cresce. Eles podem ser utilizados até os 4 anos da criança.

*Caso o berço não tenha tela mosquiteira, apetrecho cada vez mais procurado pelos pais brasileiros é possível instalar um dossel no quarto do bebê. Hoje existem berços que ao invés de grades possuem uma telinha respirável, mais segura, pois não há necessidade de se utilizar kit berço para evitar que o bebê se machuque nas grades, e portanto, sem risco de sufocamentos.

Valores

Existem muitas lojas especializadas com berços de todas as faixas de preços. Mas fizemos uma média do tipo de berço mais utilizado: o berço americano. Você pode encontrá-lo com diferentes apresentações: com ou sem rodinhas, com ou sem bicama, branco, cor de madeira, colorido, com grades deslizantes, com tela ao invés de grades. Quanto mais apetrechos ele tiver, mais caro o produto costuma ser. Mas este tipo de berço costuma variar entre R$400,00 até 2000,00, portanto basta pesquisar para achar um produto que caiba no orçamento. Caso você opte por um marceneiro de confiança, o preço varia conforme a mão de obra e o projeto desenvolvido por ele.

Materiais

Atualmente a maioria dos berços é produzida em MDF, o que não diminui a qualidade do produto. Mesmo os marceneiros utilizam esse material para fabricar seus móveis.

 O que deve ser observado:

• Ferragens que compõem a estrutura do berço devem ser de metal. Se forem de plástico, evite.

• Cantos e bordas devem ser arredondados para a segurança do bebê.

• Grades devem ser sempre estreitas e de preferência deslizantes (para quando o bebê for maior, já que a parte do colchão será rebaixada para evitar do bebê cair do berço).

• Rodinhas no berço facilitam a limpeza do dia a dia, assim como berços mais leves. Se optar por um berço mais pesado e “maciço”, escolha aqueles que vão até o chão, sem vãos que acumulem poeira.

• Preste atenção na qualidade dos acabamentos, como por exemplo, a pintura. Opte por lojas que deem garantia para seus produtos e que tenha materiais resistentes, pois seu bebê irá crescer.

Tempo

Geralmente o berço deve ser encomendado com uns 2 meses de antecedência, pois o tempo de entrega varia de 1 a dois meses, a não ser que seja pronta-entrega. Se a chegada do bebê estiver agendada para junho, por exemplo, é bom que o quarto esteja pronto em maio, ou seja, o berço tem que ser encomendado no começo de março para evitar atrasos.

Tempo de uso: Seu bebê irá utilizar o berço por pelo menos 2 anos. Nos casos do bercinho virar mini-cama, provavelmente será utilizado até os 4 ou 5 anos! Por isso, escolha um modelo que seja fácil de limpar, resistente aos pulinhos na cama, e principalmente que seja seguro e confortável.

Estilos

Isso varia de acordo com o gosto dos pais e com o projetinho do quarto, mas são muitas as opções. Além do berço tradicional, de madeira e grades, que são os mais neutros, existem berços com design mais moderno, retrô, provençal (muito escolhido para decoração de quarto de menina), rústico, montessoriano, de vime, berço crescer (arredondado) em madeira, entre outros.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre os tipos de berços disponíveis no mercado, escolha o melhor para o seu bebê e que fique lindo no quartinho que está sendo planejado com tanto amor.

6 / 14