Post

O sexo do bebê: Existe diferença entre a gestação de menino e menina?

Descobrir-se grávida é sempre uma emoção enorme. Quantas vezes a mulher se pega pensando no rostinho do seu bebê, se ele irá puxar mais a mamãe ou o papai… Qual será a cor dos olhos, se será carequinha ou cabeludinho. Mas é claro que a primeira coisa que vem à cabeça de qualquer grávida é: menino ou menina? E será que  existe  diferença entre a gestação de menino e menina?

 

Antes mesmo de engravidar é muito provável que você tenha se pegado imaginando como seria ser mãe. E é possível que nesse devaneio, você tenha imaginado como seria ser mãe de um menino ou de uma menina. Isso é muito natural e saudável até, pois a partir desses pensamentos e desejos surge a disponibilidade emocional para um dia, ser mãe de verdade.

Algumas mulheres já afirmam desde sempre que sonham ser mãe de uma menina; outras dizem preferir meninos. Já outras mulheres, não tem preferência. Essa opção por determinado gênero tem como base elementos que representam o feminino e o masculino para ela.

Por exemplo, você pode ter a ideia de que meninas são mais meigas, maduras e companheiras da mãe, ou que meninos são ágeis, protetores e destemidos. Essas “ideias” a respeito dos sexos não são atuais, pois foram se formando desde que o pai ou a mãe eram crianças e refletem as experiências que esses pais tiveram com seus pais, avós, etc.

Mas mesmo que o sexo do bebê não corresponda ao desejado, a grávida vai perceber que isso não fará diferença quando estiver com seu bebê nos braços. Bebês meninos ou meninas são interessantes, fofos e nos surpreendem a cada dia com a capacidade de aprender habilidades novas. E conforme esse bebê vai crescendo, um novo mundo vai se abrindo para os pais também.

Pode ser o mundo dos vestidinhos e bonecas ou dos uniformes de futebol e carrinhos, apesar, de que hoje em dia, esses mundos estão muito mais mesclados do que antigamente. O tradicional rosa para menina e azul para menino já não faz mais sentido quando se tem tantas cores!

E será que a gravidez de menino e de menina tem diferença?

 

A resposta é não! A única diferença será genética e isso é detectável no exame de Sexagem Fetal (exame de sangue feito a partir do segundo mês, para descobrir o sexo do bebê baseado na presença de cromossomos X e Y). Existe a crença de que quando a barriga da mãe é mais pontuda, é porque ela espera um menino; mas se for uma barriga mais arredondada, ela espera uma menina. Mas não há dados científicos que confirmem essa informação.

Agora, uma coisa é certa: se os pais têm de lidar com a ansiedade em descobrir o sexo de seu bebê, também terão de lidar com os palpites da família e amigos! Isso é inevitável! Será como um bolão pra ver quem acerta o sexo do bebê e depois virão os palpites a respeito do nome a ser escolhido. Isso é muito legal, pois mostra o quanto a família está participando da gestação, é sinal de interesse e carinho. Porém, quando esses palpites começam a ser invasivos, e as pessoas não respeitam as escolhas dos pais, o que infelizmente acontece, não vale a pena se estressar e estragar esse momento tão importante. O ideal é ouvir a opinião, concordar e seguir adiante, não entrar em debates desnecessários sobre o nome mais bonito ou sobre a cor do quartinho.

 

E por falar em nomes, essa é uma das escolhas deliciosas para se fazer durante a gravidez! Tem casais que já escolhem o nome antes mesmo da mulher engravidar e outros que ficam perdidos com tantas opções. Existem sites com listas de nomes e significados na internet, mas adiantamos os cinco mais escolhidos no Brasil no ano de 2018, segundo o site Babycenter:

  • Menina: Helena, Alice, Laura, Manuela e Valentina.
  • Menino: Miguel, Arthur, Heitor, Bernardo e Davi. 

 

Portanto a dica que damos aqui é:Não se fixe no sexo do bebê, pois apesar de todas as idealizações que fazemos, não temos garantias de que o que sonhamos será real quando o bebê nascer. Bebês choram, sujam as fraldas, acordam de madrugada, dão um trabalhão e isso é só o começo! E ainda assim, você irá se apaixonar a cada sorriso que ele der, vai vibrar a cada novo aprendizado dele, vai rir de suas caretinhas e irá niná-lo com todo o seu amor. Não importa o sexo, você verá.

 

Mas se informar nunca é demais. Então aproveite para conferir também: As fases da gestação – o que esperar.


11 / 14